domingo, 1 de março de 2009

PSICOLOGIA INTEGRAL


Por Cynthia Marsola

É uma compreensão de consciência humana que Ken Wilber demonstra através do modelo dos quadrantes: interior (consciência introspectiva) e exterior individuais (comportamento observável) e interior (nossas crenças culturais) e exterior (a sociedade em que vivemos) coletivos. Os quadrantes interagem entre si e a cada um consiste nove níveis de consciência, o que determina a Filosofia Integral angariando o melhor do pré-moderno, moderno e pós-moderno.

A espiral dinâmica de desenvolvimento proposto por Wilber está relacionado com as condições de vida, com a interação do papel que desempenhamos e com as nossas relações do nosso mundo interno e externo.