sexta-feira, 21 de fevereiro de 2014

Escutando o Sagrado (Ano 1382)


O que você senti quando escuta este canto sagrado? Será que conseguimos nos remeter a nossa Ancestralidade com Gratidão pelo Amor e pela Paixão deste canto? Ou seria muita ousadia tentar perceber o oculto? Não! Acredito que não. Todos nós podemos ousar mais, querer mais, sentir mais, Ser mais. Portanto, o imperceptível, o inatingível, o ​​TRANScendente faz parte de todos nós...O que precisamos talvez seja, SENTIR o Fluir do som. O som da música, o som do corpo, o som do vento, o som da chuva...o som que você desejar. Sinta ;)