terça-feira, 19 de janeiro de 2010

NEURÓBICA


Por Cynthia Marsola
Psicóloga

Você sabe o que é?

A Neuróbica é um termo desenvolvido por Lawrence C. Katz (renomado professor de Neurobiologia no Centro Médico da Universidade Duke e pesquisador do Instituto Médico Howard Hughes) e Manning Rubin (supervisor de criação da K2 Design, agência de marketing de Nova York) e Significa uma nova Ciência do Exercício do Cérebro.
É um modo novo de aprendermos a aumentar os diferentes padrões das atividades dos nossos neurônios e manter o cérebro saudável utilizando-se dos cinco sentidos (visão, olfato, tato, paladar e audição) – ressaltando o “sentido” emocional.

Com a Neuróbica, você torna-se o único responsável pela alimentação que fornecerá ao seu cérebro.

Nosso cérebro anseia por novidades e por alguma razão ficamos acomodados fazendo e esperando sempre pelas mesmas coisas, utilizando-se dos mesmos comportamentos de respostas, mais precisamente acostumados com a rotina – CUIDADO - o cérebro acaba permanecendo com o mínimo de energia e associações neuronais. E com o tempo, quando a velhice chegar e tivermos problemas como Alzheimer, não poderemos reclamar, afinal de contas não adotamos nenhum tipo de ginástica para manter a agilidade mental em dia.

Por isso, uma importante ressalva da Neuróbica é auxiliá-lo a “enxergar” de outras maneiras, utilizando-se dos sentidos “adormecidos” para aumentar os diferentes modos e possibilidades de fazer diferente do que vínhamos fazendo. Só assim, teremos condições de ampliar e estimular novas redes de associações sensoriais.

Para que um exercício seja considerado neuróbico deve possuir um ou mais desses tópicos:

Obrigue-se a contar com os outros sentidos para realizar tarefas, como:
- Vestir-se para o trabalho com os olhos fechados;
- Fazer uma refeição com a família em silêncio;
- Escove os dentes com a outra mão;
- Leve alguém ao seu local de trabalho;
- Vá a uma feira livre comprar frutas e legumes – não no supermercado;
- Tente mudar de mão para escrever;
- Mude de caminho;
- Enfim, faça algo inusitado... FAÇA ALGO DIFERENTE.

Muita Paz.


Referência:

- Katz, Lawrence C. – “Mantenha o seu cérebro vivo: exercícios neuróbicos para ajudar a prevenir a perda de memória e aumentar a capacidade mental.”/ Lawrence C. Katz, Manning Rubin; Tradução de Alfredo Barcellos Pinheiro Lemos. – Rio de Janeiro: Sextante, 2000.