segunda-feira, 30 de abril de 2012

quinta-feira, 26 de abril de 2012

terça-feira, 24 de abril de 2012

“Manifesto 2000 por uma Cultura de Paz e Não Violência”


A Assembléia Geral das Nações Unidas proclamou o ano 2000 como o “Ano Internacional por uma Cultura de Paz” e a UNESCO é a responsável pela coordenação das atividades de comemoração. Um grupo de Prêmios Nobel da Paz redigiu, em Paris, em 04.03.99, o

“Manifesto 2000 por uma Cultura de Paz e Não Violência”

Compromisso com a cultura de paz:

Reconhecendo a minha cota de responsabilidade para com o futuro da humanidade, especialmente para com as crianças de hoje e das gerações futuras, eu me comprometo, em minha vida diária, na minha família, no meu trabalho, na minha comunidade, no meu país e na minha região, a:

§  Respeitar a vida e a dignidade de cada pessoa, sem discriminação ou preconceito;

§  Praticar a não-violência ativa, rejeitando a violência sob todas as suas formas: física, sexual, psicológica, econômica e social, em particular contra os grupos, mas desprosivos e vulneráveis como as crianças e os adolescentes;

§  Compartilhar meu tempo e meus recursos materiais em um espírito de generosidade, visando ao fim da exclusão, da injustiça e da opressão política e econômica;

§  Defender a liberdade de expressão e a diversidade cultural, dando sempre preferência ao diálogo e à escuta do que ao fanatismo, à difamação e à rejeição do outro;

§  Promover um comportamento de consumo que seja responsável e práticas de desenvolvimento que respeitem todas as formas de vida e preservem o equilíbrio da natureza no planeta;

§  Contribuir para o desenvolvimento da minha comunidade, com a ampla participação da mulher e o respeito pelos princípios democráticos, de modo a construir novas formas de solidariedade.

Primeiros assinantes: Adolfo Peraz Esquivel, Carlos F. X. Belo, Dali Lama, David Trimble, Desmond M. Tutu, Jose R. Horta, Joseph Roblat, Elie Wiesel, Mairead Maguire, Mikhail S. Gorbachev, Nelson Mandela, Norman Bortaug, Rigoberta Menchu Tum, Shimon Peres.



terça-feira, 17 de abril de 2012

quarta-feira, 11 de abril de 2012

Dividindo com vocês...



Olá pessoas, tudo bem? Ontem nossa São Paulo estava em festa, também pudera, recebemos no bairro de Perdizes um dos conceituados Líderes Mundiais da Paz, Prem Rawat (norte da Índia).

Você sabe desde quando ele leva Mensagens de Paz há várias parte do mundo?

Desde os 3 anos Prem Rawat acompanha seu pai nos discursos sobre paz, aos 6 anos seu pai passa técnicas de conhecimentos e aos 8 anos após sua morte é aceito como seguidor de seu pai. A partir daí suas viagens e discursos sobre a Paz Interior, tornam-se constantes.

Bom, agora que você já sabe um pouquinho de quem é o Prem, vou lhes dizer o que mais me chamou a atenção neste evento de ontem.

Minhas observações foram muitas entre elas: o modo simples e natural de Prem em seu discurso (parece que ele já nos conhece há tempos), outro “detalhe” que me atraiu foi sua amorosidade (senti que em suas palavras vem mesmo da alma e que de fato deseja que chegue em nossos corações) e a mais bacana pelo menos para mim, é dividir todo esse conhecimento que ele adquiriu auxiliando aqueles que aparentemente foram “esquecidos” enquanto Seres passíveis de mudanças, os presos.

E para vocês conhecerem mais este belo projeto que foi nos apresentado ontem, segue o link. (o texto está em inglês, mas tem o tradutor no google que ajuda)

http://tprf.org/?p=2489&Option=com_wordpress&ItemId=230 o programa de educação de paz (PEP) recebeu ampla aclamação durante os últimos cinco anos tem funcionado classes de paz interior em prisão de Estado Dominguez em San Antonio, Texas. Agora existe uma oportunidade para os presos que beneficiaram as classes para continuar após a sua libertação da prisão.

A partir de sábado, 8 de Abril, um novo programa começou em San Antonio como uma extensão das classes de PEP realizado na prisão, como uma resposta a muitas solicitações de ex detidos que tinha derivado tanto de PEP.

Leia a história completa neste novo post pelo blogueiro convidado John Snyder.

Bem meus queridos é isto, até o próximo post.
Shalom.

sábado, 7 de abril de 2012

quinta-feira, 5 de abril de 2012

Filme: "O Preço do Amanhã"

O tempo que você tem é o suficiente? E se lhe fosse concedido VIVER para a eternidade você aceitaria?

Aqui o sistema que rege esta população (filme) é o tempo. Tempo que vira dinheiro e vira vida.

Se você soubesse que tem 1 dia de vida o que escolheria fazer para ganhar tempo? Ou 10 minutos onde você iria e o que faria para ter mais tempo de vida?

Será que é correto prender um ser humano que deseja "roubar" tempo para as pessoas que não podem comprar?

Se ganhasse uma década para sobreviver conseguiria dividir com quem tem 2 dias de vida?

Um belo filme para ser apreciado e transformar a nossa visão de que - nunca temos tempo para fazermos o que desejamos, ledo engano!

Nós sobra muito tempo.

terça-feira, 3 de abril de 2012

domingo, 1 de abril de 2012

Palestra Gratuita

Tema - "Ecologia Espiritual" (vários palestrantes um deles o Teólogo LEONARDO BOFF) em São Paulo. http://leonardoboff.com/

Dia 23/04/2012 - às 20:00 hs.
Local: Centro de Convenções Rebouças - Av: Rebouças, 600
INSCRIÇÕES: http://saopaulosp1.amorc.org.br/