domingo, 21 de março de 2010

EMOÇÕES... O que será que elas representam?




Por 
Cynthia Marsola
Psicóloga

Eu tenho emoções, mas EU não sou minhas emoções...
Eu tenho sentimentos, mas EU não sou meus sentimentos...
Eu tenho um corpo, mas EU não sou o meu corpo...
Eu tenho uma profissão, mas EU não sou minha profissão...

R. Assagioli (Psiquiatra Italiano – Criador da Psicossíntese )


Ultimamente tenho pensado muito em algumas EMOÇÕES...e qual não foi minha maior surpresa? REPARAR mais em mim mesma e nas pessoas que estão próximas, o que representa na íntegra o AMOR, a ALEGRIA, a COMPAIXÃO......assim como: a RAIVA, o ÓDIO.......

Em nosso dicionário o significado da palavra emoção é - ABALO MORAL, comoção, REAÇÃO subjetiva do organismo a um acontecimento agradável ou não.

Será que só conseguimos ENTENDER uma emoção através de uma reação? Ou... Eu posso escolher uma outra maneira, como por exemplo, MEDITA-AÇÃO!!!

Como posso entender que SOU um centro/self de pura POTENCIALIDADE e ENERGIA se não consigo compreender quais as reais emoções que “tenho” e, que estão momentaneamente em ebulição?

E tem uma razão de estar em ebulição, qual será?

Será talvez que você não precisa mudar algo?

Meu caro (a), à medida que você vai tomando CONSCIÊNCIA das suas reais emoções, sensações, sentimentos e percepções que são suas e, os por que as tem - você começará a entendê-las e a aceitá-las dentro de você. Mas para isso, primeiramente você deverá permitir-se que é extremamente normal sentir raiva...ódio...amor...alegria...e não fomos ensinados a trabalharmos essas emoções conosco, logo, parece ser proibido senti-las, principalmente se exteriorizamos algumas delas que são consideráveis como MONSTRUOSIDADES.

Monstruosidades, palavra pesada para uma emoção que muitas vezes, nos traz um aprendizado muito grande conosco mesmo – geralmente a Transformação.

Já parou e perguntou-se porque sente raiva de “fulano” ou “beltrano”? Ou já analisou e não obteve resposta? Será que se eu reconheço tal emoção, sentimento, comportamento no outro, é porque eu também tenho em mim e não sei?

Sugiro que prestemos mais atenção para tais emoções, mesmo que são por ora desagradáveis, antes que nosso corpo fale por nós. E ele poderá falar do modo dele, através de uma doença.


Muita paz e boa reflexão!

quinta-feira, 4 de março de 2010

LOGOTERAPIA

id=

Você sabe o que é?

É uma abordagem psicoterápica humanista existencial, seu precursor o psiquiatra Viktor E. Frankl (1905-1997), desenvolveu esta técnica baseada na sua experiência durante um longo período num campo de concentração, onde também perdeu muitos entes queridos.

O princípio norteador humanístico fundamenta-se em o cliente/paciente VER/DESCOBRIR o sentido da sua vida. Sendo assim, o papel do logoterapeuta é explicitamente em ampliar a visão do cliente tornando-se CONSCIENTE do seu processo, como Ser em autotransformação.

É conseguir SUPORTAR o incompreensível, que muitas vezes a vida nos traz.

Algumas questões que nos assolam quando queremos explicações...

O que você está sentindo ultimamente sobre o que tem passado? O que será que a vida quer de você? O que você tem dito para si mesma?

Já parou só por um minuto e olhou para traz? O que você vê? O que você realizou? E o que gostaria de ter realizado?

Ainda dá tempo, vá e não deixe mais as possibilidades passarem.

Isso é LOGOS – LÓGICA – SENTIDO – VIDA.


Referência:

- Frankl, Viktor E. - “Em busca de sentido: um psicólogo no campo de concentração”. Coleção Logoterapia – Editora Vozes e Sinodal, 1991.



Publicado por Cynthia Marsola - Psicóloga e escritora.

quarta-feira, 3 de março de 2010

ACEITA !


Por Cynthia Marsola
Psicóloga

Aceita que você é um ser em processo de mudanças... Aceita que você tem uma essência dentro de você, muito maior do que você imagina, e, que você pode modificar situações, sentimentos, emoções, pensamentos e até comportamentos, por que não? Basta ter uma mente direcionada pela VONTADE.

Aceita, que a vida nos coloca onde necessitamos entendimento, compreensão, paciência, equilíbrio e resignação. Por mais difícil que lhe esteja à caminhada.

Aceita que você não é este corpo que tem, você está temporariamente nele. Você não é esta profissão que tem, você está inserida nela. Você não é o cargo que tem... Não é a emoção que tem... Não é a situação em que se encontra... E num momento de auto-análise você pode até perguntar-se, por que escolhi estar aqui? Qual a razão disto na minha vida? Por que preciso passar por isto? Qual é o meu aprendizado? O que eu preciso enxergar que não estou conseguindo? Até quando fico nisto?

Caro (a) amigo (a), sinto em dizer, mas a verdade é que VOCÊ É MUITO MAIS DO QUE TUDO ISSO, VOCÊ É AMOR DIVINO. VOCÊ é o protagonista de suas próprias conquistas, sejam elas boas ou não! Você escolheu tudo isso, cabe somente a você escolher o que quer, ou continuar na mesmice e deixar sua vida nas mãos de outros, para que os direcionem no que deve fazer e no como fazer!

Já é hora de VOCÊ ser VOCÊ!!!

Tome as rédeas de sua VIDA... Você é capaz, e você pode!

Siga sua essência, não o seu EGO.

Um abraço hiper carinhoso e até breve.