terça-feira, 2 de abril de 2013

Direito à PAZ

imagem: google


Nós, os povos do mundo, temos direito à paz;

Paz da criança no ventre da mãe
Paz do recém-nascido
Paz para a gente crescer e se transformar
Paz no lar e no trabalho
Paz entre homens e mulheres
Paz entre as religiões
Paz entre os partidos políticos
Paz com democracia e tolerância à diversidade
Paz entre nações
Paz como solução dos conflitos
Paz nos meios de comunicação
Paz sem o uso de violência de qualquer natureza
Paz sem fome nem miséria
Paz sem medo ou insegurança
Paz com liberdade e dignidade
Paz com solidariedade e cooperação
Paz com preservação do meio ambiente
Paz com desenvolvimento sustentável
Paz livre de apego, ódio, vingança, revide, ciúme e orgulho
Paz de espírito
Paz como cultivo dos valores eternos do Amor, da Beleza,
da Verdade, da Justiça, da Liberdade e da Igualdade

Declaração elaborada no Encontro de Governos de Paz do I Festival Mundial da Paz, sob a coordenação de Pierre Weil - Florianólis, 2006.